Cobertura: RAW – 26/11/2018

 WWE RAW inicia ao vivo da Fiserv Forum em Milwaukee, Wisconsin com Michael Cole que nos  acolhe. Ele está acompanhado por Renee Young e Corey Graves. Nós vamos direto para o ringue enquanto o gerente geral do RAW, Baron Corbin, está esperando com Drew McIntyre, Bobby Lashley e Lio Rush.

Corbin fala sobre como todos no RAW encheram-se de comida no Dia de Ação de Graças, mas ele e sua equipe não tocaram em nada, porque tratam seus corpos como se fossem templos. É por isso que eles estão no ringue e todo mundo. Corbin fala sobre ser grato pelo trabalho que ele faz como Gerente Geral. Lashley diz que é grato por conseguir pegar o que quer. McIntyre é grato pela surra selvagem bem merecida que deram a Braun Strowman na semana passada. Corbin diz que é um momento que viverá para sempre. Ele nos mostra o replay.

Corbin diz que não veremos o rosto de Strowman no RAW por muito tempo. Corbin diz que enviou uma equipe de filmagem para Birmingham, Alabama, para entrevistar Strowman enquanto ele se preparava para a cirurgia. Strowman mostra seu cotovelo machucado. Ele diz que preferiria estar em Milwaukee porque algumas pessoas merecem vê-lo. Strowman diz que o cirurgião nunca viu uma lesão como essa e nunca trabalhou em um braço desse tamanho. Strowman diz que ele estará de volta 100% e quando ele estiver bem, o ataque da semana passada e a cirurgia parecerão nada perto do Corbin, Lashley e McIntyre irão receber. Strowman continua e diz que todos os três receberão “essas mãos.”

Corbin e Lashley zombam de Strowman pela cirurgia. Corbin diz que não há como Strowman ser capaz de competir no TLC, mas isso é muito ruim porque o combate ainda está marcado e quando Strowman não aparecer, Corbin vai ganhar e se tornará o GM permanente. Corbin diz que os Superstars do RAW precisam ficar do lado certo da história porque o TLC será a sua inauguração e ele vai lembrar quem ficou com ele. As luzes de repente se apagam. Corbin grita para que elas sejam ligadas novamente ou alguém será demitido. As luzes voltam e Elias aparece com seu violão.

Elias se apresenta e diz que não aguentaria mais ouvir a voz de Corbin. Ele insulta todos no ringue e começa a cantar uma música sobre Rush e Lashley. Elias canta “Bobby Lashley é uma merda” e os fãs cantam junto com ele. Elias vai para o ringue enquanto vamos ao comercial.

Singles Match: Elias vs. Bobby Lashley (c/ Baron Corbin, Drew McIntyre & Lio Rush)
– Elias venceu o combate primeiramente por DQ, mas Corbin mandou o combate reiniciar desta vez sem desqualificação. Após uma série de ataques de Drew, Bobby e Corbin, Bobby venceu o combate.

Veja também:  SmackDown e Raw: uma lição de como (não) fazer branding

Após o combate, Rush anuncia Lashley como o vencedor. Nós vamos aos replays. Lashley, McIntyre, Corbin e Rush posam juntos no ringue enquanto Elias fica caído no ringue.

Ainda hoje, Corbin vs. Finn Balor. Além disso, RAW Tag Team Champions Authors of Pain defendem contra Chad Gable e Bobby Roode. Também teremos uma Open Challenge pelo WWE Intercontinental Championship de Seth Rollins. Nós vamos ao comercial.

De volta do intervalo e Corbin está gritando com o funcionário que apagou as luzes para Elias. Corbin demite o cara. Alexa Bliss aparece e diz que foi impressionante o que ele fez com o funcionário. Bliss diz que Corbin está fazendo um trabalho incrível e se há algo que ela possa fazer, Corbin não deve hesitar em pedir. Ele pergunta se ela realmente faria  qualquer coisa e ela diz sim, qualquer coisa. Corbin parabeniza Bliss por ser a capitã no Survivor Series e pede a ela para supervisionar toda a divisão feminina, porque ele tem muito a fazer. Corbin diz que Bliss parece apta para o cargo. Eles apertam as mãos e Corbin vai embora.

Cole nos mostra um vídeo sobre a rivalidade entre Seth Rollins e Dean Ambrose. Nós vemos um vídeo de Ambrose com seu médico pessoal. Ele está recebendo várias vacinas para que ele não pegue a doença e o fedor que as pessoas carregam em Milwauke. Ambrose diz que nenhum chuveiro vai lavar os pecados de Rollins porque ele é uma causa perdida. Ambrose diz que vai acabar com Rollins no TLC.

Nós vamos ao ringue e Kalisto, Lince Dorado e Gran Metalik vem ao ringue. Vamos ao comercial.

Lucha House Rule Match: Revival vs. Lucha House Party
– Lince aplicou o “splash” e venceu o combate.

Após o combate, o Lucha House Party comemora.

É promovido o combate de Nia Jax contra a RAW Womens Champion Ronda Rousey no TLC. Vemos como Nia conseguiu o apelido de “Facebreaker” ao lesionar a campeã SmackDown, Becky Lynch.

Nós vamos ao ringue e Nia Jax vem ao ringue ao lado de Tamina Snuka. Jax pega o microfone e os fãs começam a vaiar. Ela fala sobre como todos devem estar agradecidos por ela ser a única sobrevivente do Team RAW no Survivor Series. Ela diz que é muito grata por quebrar o rosto de Becky Lynch e deixa-la com uma concussão. Jax diz que a “The Man” não foi o bastante para a “The Facebreaker.” Jax diz que a campeã do RAW Ronda Rousey queria muito enfrentar Becky, mas ela também tirou isso dela. Jax diz que é melhor Rousey se acostumar com ela levando as coisas porque ela levará seu título no TLC. Jax fala sobre como Rousey entrou na WWE direto no topo. Jax mostra um vídeo do MITB deste ano quando Rousey levou uma surra de Jax.

Veja também:  WWE transmitirá o Starrcade neste domingo

Jax continua zombando de Rousey e vemos o ataque de Charlotte Flair no Survivor Series. Jax provoca Rousey e fala sobre como ela tem sido bem sucedida ultimamente. Jax diz que o topo da montanha pertence a ela. As vaias continuam. Jax continua até que a música interrompe e Rousey vem ao ringue.

Rousey confronta Jax. Rousey diz que Jax tem crédito pela vitória na Battle Royal no Evolution. Ela também fala sobre o soco em Becky Lynch que fez de Jax, a “The Facebreaker”. Rousey diz que é onde a sua sorte se esgota. Rousey diz que ela está no topo da montanha e ela vai arrancar o braço de Jax, depois acertar Charlotte Flair com ele. Rousey diz que quer lutar agora. Jax diz que não vamos fazer desta forma. Ela diz que poderia facilmente vencer Rousey agora, mas ela acabou de lavar o sangue seco de Becky de suas mãos. Ela continua inventando desculpas. Jax deixa cair o microfone e Snuka se aproxima de Ronda. A música toca e Natalya corre ao ringue. Natalya é surpreendida antes de entrar no ringue por Ruby Riott, Liv Morgan e Sarah Logan. O segmento termina com Jax e Snuka no ringue, enquanto Ronda ajuda Natylia. O Riott Squad faz seu caminhos aos bastidores.

Nós vemos o que aconteceu com Drake Maverick no Survivor Series.

RAW Tag Team Championship Match: Chad Gable & Bobby Roode vs. Authors of Pain (c)
– AOP aplicou o “The Last Chapter” para vencer o combate.

Sasha Banks e Bayley estão nos bastidores quando Alexa Bliss aparece. Bliss diz que elas tiveram suas diferenças no passado, mas é graças a elas que Baron Corbin a colocou no comando da divisão feminina, por causa de seu trabalho no Survivor Series. Banks não está interessada em nada que Bliss fala. Bliss diz que está dando liberdade para elas irem ao ringue hoje à noite para conversarem com os fas. Banks e Bayley não estão interessadas.

Singles Match: Ember Moon vs. Alicia Fox
– Ember aplicou o “Eclipse” e venceu o combate.

Após o combate, Moon e Hawkins comemoram. A música de No Way Jose interrompe. Ele vem com toda sua turma e Hawkins se junta a eles enquanto a festa se dirige ao ringue. Jinder espera no ringue por Jose. Vamos ao comercial.

Veja também:  WWE anuncia NXT UK TakeOver: Blackpool

Singles Match: Jinder Mahal vs. No Way Jose
– Mahal aplicou o “Khallas” e venceu o combate rapidamente.

Após o combate, Jinder comemora no ringue enquanto sua música toca. Os Singh Brothers se juntam a ele.

Vemos novamente o vídeo de Dean Ambrose em seu médico. Em seguida, teremos a “Open Challenge” de Seth Rollins. Vamos ao comercial.

Seth Rollins vem ao ringue e fala sobre defender seu título hoje a noite. Ele diz que é um campeão que defende seu título e que fará isso agora. Seu adversário é Dolph Ziggler.

WWE Intercontinental Championship Match: Seth Rollins vs. Dolph Ziggler
– Rollins aplicou o “Superplex” seguido do “Falcon Arrow” para vencer o combate.

Ainda está por vir, Balor vs. Corbin.

Nós vemos Alexa Bliss nos bastidores conversando com um funcionário sobre a divisão feminina. Ela estará no ringue a seguir junto de Sasha Banks e Bayley. Vamos ao comercial.

De volta do intervalo e Alexa Bliss tem um microfone no ringue. Bayley e Sasha fazem seu caminho até o ringue. Bliss inicia sua promo e aponta uma fã na platéia. Ela pergunta o que Bayley e Banks mudariam na divisão feminina do RAW. Bayley diz que está orgulhosa da divisão e não mudaria nada. Banks diz que ela mandaria Bliss de volta para o SmackDown. Bayley rebate dizendo que mandariam Bliss de volta para o inferno de onde ela veio. Mickie James, Dana Brooke e Alicia Fox acabam atacando Bayley e Banks do nada. Bayley e Banks acabam limpando o ringue e de pé, encaram Bliss que correu do ringue.

A seguir, Corbin vs. Finn Balor.

Finn Bálor vêm ao ringue primeiramente. Em seguida, Baron Corbin faz seu caminho. Ele está sozinho desta vez.

Singles Match: Finn Balor vs. Baron Corbin
– O combate acabou em No Contest. Quando a situação se complicou, Corbin anunciou que o combate tornaria-se uma 2-on-1 Handicap Match. Drew McIntyre então correu ao ringue e atacou Bálor.

2-on-1 Handicap Match: Drew McIntyre & Baron Corbin vs. Finn Bálor
– Drew aplicou o “Claymore Kick” e venceu o combate.

Após o combate, Bobby Lashley vem ao ringue com Lio Rush. Lashley aplica o “Dominator” em Balor. Lashley então joga Balor para Corbin, que aplica o “End of Days”. McIntyre insulta Balor e em seguida, aplica outro “Claymore Kick”. Os três ficam de pé no centro do ringue enquanto o show sai do ar.

Fonte: House of Wrestling